No dia 13 de dezembro, Voluntários da GRACE estiveram a colaborar nos trabalhos do Viveiro do FUTURO: envasamento de três espécies: aveleira (Corylus avellana); cipreste (Cupressus sempervirens);  e  salgueiro (Salix sp.).

Os cinco colaboradores da empresa Biorumo, associada da GRACE, conheceram melhor o projeto FUTURO e depois aprenderam como bem envasar uma árvore e arbusto. O entusiasmo foi muito, a dinâmica de trabalho e de aprendizagem fluída e os voluntários referiram várias vezes que os processos de envasamento e de “mexer” na terra eram terapêuticos. A meio da atividade houve um pequeno convívio com lanche e graças ao empenho dos voluntários foram envasados 144 ciprestes, 1 salgueiro e 34 aveleiras.  No final da ação, os voluntários, apesar das más condições atmosféricas, mostraram-se motivados a conhecer os nossos canteiros exteriores e conheceram algumas das espécies nativas menos conhecidas, como o azereiro (Prunus lusitanica).

Muito obrigado a tod@s.

FOTOS | Créditos: ©2019CRE.Porto.smendes, ©2019CRE.Porto.malmeida

Esta ação foi desenvolvida no âmbito do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto, promovida pela GRACE em colaboração com o CRE.Porto. O Viveiro de Árvores e Arbustos Autóctones do FUTURO é uma parceria entre o CRE.Porto, a Câmara Municipal do Porto e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas. Conta com o apoio da Lipor – Serviço Intermunicipalizado de Tratamento de Resíduos da Região Porto, da Silvapor – Ambiente e Inovação, da Leal & Soares e do projeto Sementes de Portugal. O Viveiro está licenciado pelo ICNF como fornecedor de materiais florestais de reprodução.