Formação gratuita para professores: educar na Natureza

Formação gratuita para professores: educar na Natureza

As crianças e jovens têm vindo a perder a sua ligação com o meio natural. Atualmente conseguem identificar mais facilmente marcas de carros do que espécies de árvores da área onde vivem. Este “défice de Natureza” tem, de acordo com vários especialistas, um impacto negativo no desenvolvimento integral destas crianças e jovens: a diminuição do uso dos sentidos, o défice de atenção e a maior prevalência de doenças físicas e mentais.

Por isso, é fundamental restabelecer a ligação das crianças à Natureza. Inúmeros estudos evidenciam que o uso de espaços verdes (bosques e parques) em contexto didático tem impactos positivos na capacidade de aprendizagem, atenção e concentração dos alunos diminuindo os comportamentos agressivos e sinais de stress e depressão. A Natureza, além de melhorar a condição física e psicológica das crianças e jovens, tem ainda a virtude de constituir o melhor espaço de observação, experimentação e aprendizagem que lhes pode ser oferecido. A Natureza é uma montra gigante, cheia de estímulos e desafios que oferece os recursos pedagógicos necessários para educar as crianças e jovens de uma forma integral, autónoma e estimulante.

A experiência de aprendizagem na Natureza contribuirá para o desenvolvimento das inteligências criativa e social (pensamento crítico, empatia, comunicação interpessoal) e o “saber fazer” (atividades manuais). E estas são as principais competências que o mercado de trabalho do futuro exigirá dos nossos filhos, de acordo com um estudo recente da Universidade de Oxford.

Foi com estes desafios em mente que o CRE.Porto criou o projeto “A Natureza é a melhor sala de aula” .

Com o objetivo de capacitar e inspirar os docentes para esta temática, o CRE.Porto, em parceria com o Serviço Educativo Ambiente da Fundação de Serralves, organiza uma ação de formação na qual serão partilhadas ideias práticas de trabalho, ferramentas e metodologias sobre como utilizar a Natureza como um espaço de ensino-aprendizagem.

A ação decorre no 1 de fevereiro de 2019 e é destinada exclusivamente aos docentes dos vários níveis de ensino que lecionem em estabelecimentos públicos ou privados da Área Metropolitana do Porto. Será dada prioridade de inscrição dos docentes que já integram a Comunidade de Aprendizagem. A participação está limitada a 50 pessoas.

A participação na ação de formação é gratuita.

Conheça o PROGRAMA e ORADORES

A inscrição deve ser impreterivelmente realizada até ao dia 28 de janeiro de 2019 através deste FORMULÁRIO. 

 

2019-01-22T09:49:09+00:0021 Janeiro, 2019|a natureza é a melhor sala de aula|
A carregar entidades...