Voluntários entram em ação no Viveiro do Leça

Voluntários entram em ação no Viveiro do Leça

Em fevereiro lançamos o convite e foi criada a Bolsa de Voluntários do Viveiro de Árvores e Arbustos Nativos do Leça. No passado 14 de março aconteceu a primeira sementeira colaborativa, na qual participaram sete voluntários.

Mesmo debaixo de uma chuva torrencial, os primeiros voluntários do Viveiro de Árvores e Arbustos Nativos do Leça não desistiram e logo pela manhã reuniram-se no Parque Ecológico de S. Brás para dar inicio aos trabalhos. Ainda que a maioria viesse de perto, como a Ana, a Flávia, o Gilberto e o Hélder, houve quem viesse de longe, como foi o caso do grupo da Casa de Saúde S. José de Barcelos. O Sr. Manuel e o Rúben, utentes desta instituição, acompanhados pela sua orientadora Alexandra Teixeira, dedicam-se habitualmente a tarefas de jardinagem e produção de plantas e, como tal, decidiram aproveitar esta oportunidade para aprofundar os seus conhecimentos na produção de espécies florestais nativas.

A manhã começou com as boas vindas e enquadramento do projeto por parte da Câmara Municipal de Matosinhos. Já na estufa foram apresentadas as espécies a semear, pela equipa do FUTURO, bem como os cuidados e procedimentos a ter com cada uma das quatro espécies a ser semeadas nesse dia. Foi ainda destacado o porquê do investimento nestas espécies, referindo a sua ecologia e características que as tornam espécies ideais para os projetos de reabilitação e recuperação do Rio Leça. Entre as minúsculas sementes de urze branca (Erica lusitanica) e as pequenas sementes de murta (Myrtus communis) e sabugueiro (Sambucus nigra), também se semeou freixo (Fraxinus angustifolia), uma das árvores por excelência das zonas ribeirinhas e galerias ripícolas.

Nesse dia foram lançadas à terra cerca de 7.000 sementes. Foi um trabalho de paciência e minúcia mas que foi concretizado de forma exemplar, com particular boa disposição. Agora é tempo de as deixar germinar e crescer, para se juntarem à primeiras plântulas já nascidas! Em breve teremos mais atividades e novidades do Viveiro do Leça.

Se tiver interesse em aprender e colaborar connosco nesta missão ainda vai a tempo de se inscrever na Bolsa de Voluntários do Viveiro do Leça. 

Obrigada a tod@s e até breve!

FOTOS | ©2018CREPorto.ampereira

O Centro de Recuperação Paisagística do Vale do Leça contribui para os objetivos do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto e está a ser desenvolvido em parceria com a equipa do CRE.Porto.

 

2018-04-12T14:31:31+00:00 9 Abril, 2018|Viveiro do Leça|