DSC57311

No sábado (17 de janeiro) a ação de plantação em Gondomar centrou-se numa nova parcela do FUTURO (Covelo). O Sr. Celestino, proprietário deste antigo terreno agrícola assinou com o CRE.Porto e com a Câmara Municipal de Gondomar um acordo de cedência desta parcela para os fins do FUTURO – criação de um pequeno bosque misto de espécies nativas. Por isso iniciamos no sábado, e com a ajuda de 17 voluntários do FUTURO, a plantação nesta área com faias, freixos, castanheiros, azereiros, padreiros e ulmeiros. O desenho da intervenção foi realizado pela equipa da Portucalea, que também esteve no terreno este sábado com as suas técnicas e com a eficiente equipa de Sapadores Florestais. No total estavam no terreno 32 ativos plantadores, incluindo vários elementos da Câmara Municipal de Gondomar. A plantação foi marcada pela visita do Presidente da Câmara (Marco Martins) e pelo Vereador de Ambiente (Fernando Moreira). Foram plantadas 500 árvores. O terreno, com um solo de caráter agrícola, era fácil de trabalhar. O Carlos, habituado às plantações na Serra de Santa Justa, dizia com graça: ’em Valongo sai uma pedra em cada cavadela, aqui é preciso cavar muito para encontrar uma pedrinha!’. As restantes árvores nativas planeadas para a parcela (mais 138) serão plantadas durante esta semana pela equipa de Sapadores Florestais. Obrigado a tod@s!

Vale a pena ver as FOTOS.

Esta atividade desenvolvida no âmbito do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto, foi organizada pela Câmara Municipal de Gondomar e CRE.Porto. Colaborou a Portucalea – a Associação Florestal do Grande Porto. As árvores (todas nativas) são fornecidas pelo Projeto Floresta Comum. É cofinanciada pelo ON.2.[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]