Primeiras intervenções do FUTURO na Quinta de Villar d’Allen

Primeiras intervenções do FUTURO na Quinta de Villar d’Allen

No passado 20 maio realizou-se a primeira intervenção de controlo de acácia na Quinta de Villar d’Allen. O plano de trabalhos protocolado entre o FUTURO e a família Allen tem como objetivo transformar uma parcela da Quinta, atualmente dominada por acácias, num pequeno bosque autóctone. Este plano contempla uma parcela com intervenção profissional (com exigências específicas) e outra com a aplicação do método de descasque por voluntários. Em dezembro, esperamos iniciar a rearborização com espécies nativas: medronheiros, pilriteiros, carvalhos-alvarinhos e sobreiros.

Após a demonstração do método de controlo os 30 voluntários, entre os quais vários membros do Rotary Club do Porto, munidos de tesouras de podas e serras, tomaram de “assalto” o acacial, no mesmo local onde em 1832-33, durante o Cerco do Porto, os absolutistas se entrincheiraram para fazer frente às tropas Liberais de D. Pedro.

A parcela onde decorreu o trabalho tem vários exemplares de austrália (Acacia melanoxylon) e mimosa (Acacia dealbata) com mais de 20 metros de altura e 80 cm de perímetro à altura do peito, mas nem por isso os voluntários foram demovidos do propósito. Após duas horas de trabalho, cerca de 100 exemplares tinham sido descascados.

No final dos trabalhos a família Allen deu-nos a conhecer o jardim e algumas das árvores monumentais da Quinta, como a gigantesca Araucária-da-Queenslândia. Na próxima ação ficou desde logo combinado um piquenique à sombra destas imponentes árvores! 🙂

Muito obrigada a tod@s!

Veja as FOTOS ©2017CREPorto.malmeida; ©2017IsabelLeal

Esta ação foi organizada no âmbito do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto em colaboração com a Quinta de Villar d’Allen.

2017-05-23T10:03:42+00:00 23 Maio, 2017|controlo de invasoras|