CONVITE | Rota das Árvores do Porto | Árvores de Jacinto | 14 de maio

CONVITE | Rota das Árvores do Porto | Árvores de Jacinto | 14 de maio

condeferreira_scmp2Ordem dos Médicos (e Arca d’Água) – Centro Hospitalar Conde de Ferreira | Árvores que cuidam de nós | 9h30–12h30 | 14h30–17h30

A importância das árvores na nossa qualidade de vida, em particular na saúde mental. Dois jardins históricos que abrem as portas à comunidade, propriedade da Santa Casa da Misericórdia do Porto e da Ordem dos Médicos. A maior horta social da Europa. Sabia que no Japão os médicos prescrevem aos pacientes com diagnósticos de stress e de exaustão psicológica a terapia shinrin­yoku, que consiste em caminhadas de imersão na floresta? Venha experimentar por si próprio o efeito curativo da natureza.

Homenagem: Jacinto de Matos (-1948), um dos maiores jardineiros-paisagistas portugueses da primeira metade do século XX, tendo projetado o Parque de S. Roque, Casa das Artes, Jardim da Fundação Eng. António de Matos, Parque da Curia, Parque das Pedras Salgadas, jardim da Ordem dos Médicos (que iremos visitar), entre muitos outros.

Mais informação: Encontra-se amplamente demonstrado por vários estudos, em particular na área da medicina e psicologia, que o contacto com as árvores e as florestas promove a recuperação psicológica, melhora o estado de ânimo e a sensação de vigor e reduz o stress, a ansiedade, a depressão, a irritação e a fadiga psicológica. Adicionalmente, aumenta os níveis de atenção e de concentração, a criatividade, a capacidade de aprendizagem e a produtividade na escola e no trabalho.

O bem conservado jardim da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos, junto à Arca d’Água, foi projetado por Jacinto de Matos e pertenceu à família Riba d’Ave. Possui lago, gruta e miradouro decorados com os tradicionais motivos naturais em cimento armado, para além de várias esculturas modernas. A vegetação inclui um cedro-do-atlas e um tulipeiro, ambos classificados em 2011, ciprestes, magnólias, palmeiras, camélias e uma monumental araucária-do-Brasil.

Na Arca d´Água destacam-se as 13 magnólias e os plátanos monumentais, coreto, lago e subterrâneos/reservatórios de águas.

Os jardins do Centro Hospitalar Conde de Ferreira, propriedade da Santa Casa da Misericórdia do Porto, apresentam uma riqueza natural significativa e desde o início integram o projeto terapêutico do Hospital (o primeiro construído de raiz para a psiquiatria em Portugal, inaugurado em 1883). Em 2012 foi editado o livro “Os Jardins do Centro Hospitalar Conde Ferreira” que propõe roteiros para descobrir as cerca de 100 espécies de árvores e arbustos, de onde se destacam pela sua monumentalidade os cedros dos himalaias, os tulipeiros ou a criptoméria, para além da coleção de magnólias, camélias ou rododendros. Em 2015 foram inauguradas as hortas comunitárias com 230 talhões, igualmente uma forma de promover o ambiente e a saúde num exemplo de terapia ocupacional.

Veja como correu AQUI.

Iniciativa integrada na Rota das Árvores do Porto, promovida pelo Município do Porto no âmbito do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto. Na Rota das Árvores do Porto são parceiros a Santa Casa da Misericórdia do Porto, a Árvore – Cooperativa de Atividades Artísticas, o CRE.Porto, a Metro do Porto, a Ordem dos Médicos (Secção Regional do Norte) e o Instituto Português de Naturologia.

7 Comments

  1. Maria Conceição Barbosa 28/04/2016 at 23:38 - Responder

    Caso haja desistências, gostaria que considerassem a minha inscrição

  2. Isabel Morujão de Beires 28/04/2016 at 23:45 - Responder

    Gostaria de me inscrever neste passeio sobre as árvores do Jardins do Conde Ferreira.
    O meu nome é Isabel Morujão de Beires e o meu email é isabelmorujao@mail.telepac.pt
    Agradecia que, no caso de haver alguma desistência, me pudessem contactar por mail ou por telemóvel: 968095137
    Muito obrigada.
    Isabel Morujão

    Deixo ainda como sugestão um desdobramento destas visitas.
    Os melhores cumprimentos.

  3. MARIA AMELIA COSTA PEREIRA 29/04/2016 at 3:26 - Responder

    Sugiro que alarguem o calendário para mais interessados.

  4. Paulo Rodrigues 29/04/2016 at 9:33 - Responder

    Gostaria antes de mais de vos felicitar por esta iniciativa.
    No entanto não me consigo inscrever em nada. As inscrições iniciaram-se hoje para a Ordem dos Médicos e Conde Ferreira, mas já estão esgotadas. A oferta real não é proporcional ao investimento realizado.
    É pena.

    Com os meus melhores cumprimentos,

    Paulo Rodrigues

  5. Ana Cardinal 29/04/2016 at 13:49 - Responder

    É lamentável, que há tanto tempo esteja para estar convosco nestas iniciativas e não o consiga.
    Esta foi a única hora possível de aqui vir, mas as inscrições já estão esgotadas.
    Como consigo inscrever-me?!
    Grata
    Cumprimentos
    Ana Cardinal

  6. Leonor Sá 30/04/2016 at 9:03 - Responder

    Admiro esta iniciativa e gostaria de me puder inscrever, bem como o meu filho para o dia 14 de Maio.

    Leonor Sá
    Luís Sbaffi

  7. Marta Pinto 04/05/2016 at 19:12 - Responder

    Muito obrigada pelo interesse demonstrado na Rota das Árvores do Porto e pelos comentários aqui deixados.
    A única forma de reservar lugar nas visitas da Rota das Árvores do Porto é através de inscrição no formulário disponibilizado nas datas e horas indicadas.
    As inscrições nas visitas têm-se esgotado nos primeiros minutos após a abertura, pelo que sugerimos que na próxima atividade na qual tenha interesse pf. se inscreva imediatamente no momento da dispinibilização do formulário.
    Realmente a procura destas visitas superou largamente as nossas expectativas e estamos a estudar (em próximas edições da iniciativa) fazer duplicação de visitas, tal como nos é sugerido, de modo a otimizar o esforço de organização e permitir que mais interessados possam usufruir das mesmas.
    Obrigada pela compreensão.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

A carregar entidades...