Escolas de Gondomar plantam no Parque Aventura

Escolas de Gondomar plantam no Parque Aventura

No dia 23 de novembro, dia da Floresta Autóctone, 63 alunos entre os 10 e os 17 anos de duas escolas de Gondomar, subiram ao monte do Parque Aventura para uma atividade bem diferente. Não foi radical, mas a plantação de 150 árvores também incluiu caminhadas, subidas e descidas, força de braços, brincadeiras na lama e muito mais.

A manhã começou com o céu tímido mas os alunos e professores da EB Infanta D. Mafalda, Gondomar, chegaram com força e bem carregados com as árvores que produziram no ano letivo anterior, no âmbito da sua participação na Rede de Escolas do FUTURO. As plantas eram muitas e depois de meses de cuidados na escola, sempre monitorizadas pelo Professor Américo, entre sobreiros (Quercus suber) jasmineiros-do-monte (Jasminum fruticans) e murtas (Myrtus communis), todas seguiram para o terreno, para dar uma nova vida e cor ao antigo aterro da Lipor, convertido no Parque Aventura, Gondomar e Ermesinde – Valongo.

Para iniciar a atividade foi feita uma pequena introdução ao dia que se celebrava e  importância da floresta nativa, bem como sobre o local onde ia decorrer a ação e valor do trabalho da Lipor. Foi ainda feita uma demonstração de como bem instalar uma árvore e logo se seguiram todas as tarefas.

Nas covas já abertas pela equipa da Lipor, fora cuidadosamente distribuídas três pás (grandes) de composto. Ao inicio da manhã, os alunos de 8ºA ficaram encarregues desta função; no final da mesma, os mais novos, de 5ºE coordenados pela Professora Sílvia Sousa, assumiram a liderança desta tarefa, cheios de energia. Quase a chegar a hora do almoço, a chuva, tão desejada, veio fechar com chave de ouro o fim de atividade – “esta chuva é boa! Vem regar as árvores que plantamos!” diziam os mais pequenos, que apesar de tudo, rapidamente deram uma corrida para fugir das pingas!

Durante a tarde foi a vez dos jovens de 11º ano da Escola Secundária S. Pedro da Cova (Gondomar) darem o seu contributo neste dia de celebração. Plantaram bétulas (Betula pubescens) e as restantes espécies arbustivas que completavam o plano definido para a plantação.

Apesar de um alguma hesitação inicial, com o incentivo e exemplo certo das Professoras Ana Santos e Amália Pereira, os alunos rapidamente pegaram nas enxadas e restante material e seguiram encosta acima. O trabalho foi corajosamente dividido por todos: distribuir composto, estacas, colocar protetores, todos puderam contribuir.

“Está aqui um trabalho bem completo e bonito! Veja só!” comentavam os alunos no final do dia.

Este foi sem dúvida um dia de celebração fabuloso e uma homenagem perfeita à floresta nativa! Parabéns e obrigad@ a todos!

FOTOS – Créditos: ©CRE.Porto2017ampereira

Esta ação foi desenvolvida no âmbito do FUTURO – projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto, tendo sido organizada pela Lipor, Câmara Municipal de Gondomar e CRE.Porto.

2017-12-11T16:44:26+00:00 4 Dezembro, 2017|ação de plantação|