Árvores, calor e alterações climáticas

Árvores, calor e alterações climáticas

Foto: Marta Pinto

Um interessante estudo publicado em 2012 reforça a necessidade de os planos de ação sobre as alterações climáticas a nível local se centrarem não só em medidas de redução de gases com efeito de estufa (GEE) mas também em estratégias de gestão do calor nas áreas urbanas. De acordo com os autores, estas estratégias devem incluir a plantação de árvores e instalação de telhados verdes. Estas iniciativas permitem reduzir a temperatura ambiente e ao mesmo reduzir o consumo de energia (menos uso do ar condicionado) e a emissão de GEE. 

Esta recomendação é reforçada pelos resultados de um outro estudo de 2013 que sugere que as ondas de calor extremas vão tornar-se num fenómeno duas vezes mais comum em 2020 e que a sua frequência vai quadruplicar até 2040. Medidas de adaptação a estas condições urgem nas nossas cidades.

2016-11-25T15:53:09+00:0026 Agosto, 2013|conhecimento|

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

A carregar entidades...